Quer vender pela internet? Assim como é fácil comprar pela internet, vender também não é difícil, basta compreender como funciona essa modalidade de negócio.

O primeiro passo para começar o processo de venda pela internet é identificar o tipo de produto que quer anunciar. O público que quer alcançar e definir qual a melhor plataforma para o seu tipo de negócio. Existem diversas opções de plataformas e formas de utilizá-las. Se você já tem uma marca consolidada, por exemplo, e quer começar a vender através do e-commerce, o ideal é investir em uma plataforma que te possibilita ter sua própria loja. Já para quem está iniciando um negócio ou procura  alternativas com baixo investimento, a melhor alternativa são os marketplaces.

Confira abaixo algumas dicas para quem está iniciando um negócio online.

1. Produto

Se você quer iniciar um pequeno negócio e começar a vender pela internet, o primeiro passo é a escolha do produto. A internet tem diversas lojas de e-commerce e marcas consolidadas no mercado, por isso, de nada adianta investir em um produto igual ou semelhante ao de uma marca que já tem seu lugar no mercado. É interessante você focar em um produto que possua algum diferencial. Existem muitas lojas de roupas, mas você pode ser especializado em tamanhos plus size, ou somente peças jeans, por exemplo. Assim, você foca em um tipo de produto específico com o qual seu público se identifica e ganha uma fatia do mercado, isso é o que chamamos de nicho.  

2. Público

Se você quer vender pela internet é muito importante saber para quem você quer vender os produtos. Fazer um mapeamento do seu público, onde ele se encontra, qual a faixa etária, quais são suas necessidades e anseios. Pesquisar se seu cliente está presente somente na sua região, no Estado ou em todo o País. Muito importante verificar também sua concorrência no mercado, como eles estão se posicionando e atingindo seus clientes.

3. Plataformas

Como dissemos acima, você pode optar por uma loja própria da sua marca ou utilizar outros métodos de venda que não exigem investimento. É preciso saber qual é a melhor escolha para o seu tipo de negócio. Existem diversos tipos de plataformas que fornecem espaço para você anunciar e vender pela internet. Se você quer vender pela internet, algumas plataformas são sem nenhum gasto inicial. E nestas que vamos focar aqui neste post e lhe ensinar como e onde é o melhor lugar para vender o seu produto.

3.1 Marketplace

O Marketplace é como um grande shopping com várias lojas dentro. É um espaço com diversos outros vendedores e uma gama gigantesca de nichos e produtos. Este serviço  permite que você anuncie e venda seus produtos utilizando a estrutura deles. Todo o marketplace cobra um valor em cima dos produtos vendidos, e cada empresa tem suas taxas e regras específicas. Uma das maiores vantagens é que estas empresas investem fortemente em divulgação e o comprador tem mais segurança na hora de  comprar. Dentre os marketplaces mais conhecidos estão o Mercado Livre, Netshoes, Amazon, Americanas, Magazine Luiza, Ricardo Eletro, Submarino, Walmart e muitos outros.

3.2 Mercado Livre

É um dos sites mais acessados do País nos dia de hoje, com mais de 34 milhões de clientes cadastrados e mais de 9 milhões de vendedores. Para começar a vender pelo Mercado Livre, não é necessário nenhum tipo de investimento inicial, basta realizar o cadastro. O site cobra taxas em cima das vendas, que variam dependendo do valor do produto, em porcentagens de 10% a 16%.

3.3 Enjoei

Enjoei faz referência a produtos que como o nome mesmo diz, os usuários já “enjoaram” de usar. É uma plataforma muito conhecida e tem um grande número de visualizações. É utilizada até mesmo por blogueiros e digital influencers. Inicialmente o site foi criado com o intuito de trabalhar com o segmento da moda, com produtos usados ou de fabricação própria. Atualmente são ofertados produtos de todos os tipos e você encontra desde roupas até uma bicicleta descolada. Assim como no Mercado Livre, o Enjoei cobra um valor sobre a venda de cada produto.

3.4 OLX

O OLX é uma plataforma focada na venda ou troca de produtos usados, mas existem também muitos produtos novos ou seminovos. É uma plataforma de enorme liberdade de espaço de venda. Existem anúncios de carros, casas, de aluguéis, móveis e mais uma quantidade variada de produtos. Não é cobrado nenhum valor de investimento e o vendedor faz toda a negociação direto com o comprador.

3.5 Instagram (whatsapp)

Muitas pessoas tem optado por vender no Instagram, principalmente por se tratar de uma das redes, depois do Facebook, com maior número de usuários ativos. O Instagram ainda não possibilita a opção de pagamento e finalização da compra. Quem já tem seu e-commerce utiliza o Instagram para chamar atenção das pessoas e através de um link vinculado ao perfil e direciona o público para finalizar a compra no site.

Para quem não possui um e-commerce e quer investir na venda pelo Instagram, também é possível. Basta ter um perfil específico para a marca com todos os produtos no feed e colocar um link na bio redirecionado para uma conta no Whatsapp. Assim, você mesmo vai negociar direto com o cliente as formas de pagamento e entrega. A novidade que todos esperam é que logo o Instagram e o próprio Whatsapp tenham uma ferramenta de pagamento. Possibilitando assim, a finalização da venda direto pelo próprio aplicativo.

3.5 Facebook

O Facebook tem sido muito utilizado para vendas, principalmente de produtos usados, produtos artesanais ou para trocas. Os grupos de vendas no facebook são administrados por algum usuário que se denomina “líder” do grupo, determina regras e por muitas vezes torna o grupo fechado. Os grupos são divididos por interesses como cidade, estado, tipo de produto, segmentos ou assuntos de interesse, e podem ser de venda ou não. Qualquer usuário que entra nesses grupos tem a possibilidade de publicar seu produto para venda. O Facebook também possui uma função de marketplace, onde você pode publicar qualquer tipo de produto para venda. Assim como nos grupos, você não paga nenhum valor para anunciar ou sobre a venda dos produtos.

Existem diversas outras plataformas iguais ou semelhantes a essas, assim como uma gama gigantesca de produtos para se investir. O importante é ter certeza na escolha que mais faça sentido para o seu modelo de negócio.

Ainda tem dúvidas de como seguir com seu negócio na internet? Fale conosco, a Tercerize é a empresa certa para lhe auxiliar na escolha da melhor plataforma para o seu negócio.

1
Oi. Me chamo Adriano Lucas. Sou CEO da Tercerize. Me adiciona no Whats que tiro todas suas dúvidas.
Powered by